Apoio:

Realização:

Convivendo com a Osteoporose

Embora possa parecer complicado no começo, saiba que é possível viver bem e com qualidade, mesmo após o diagnóstico da osteoporose.

Além das diversas opções de tratamentos existentes, é muito importante que novas regras alimentares sejam aplicadas no dia a dia, além da prática de exercícios físicos leves, como natação, pilates e até mesmo o Tai Chi. 

Para as dores ósseas, sejam elas ligadas às fraturas ou à fraqueza dos ossos, uma boa dica é fazer compressas no local – a quente, ajuda aliviar a tensão muscular, e a fria ajuda a anestesiar a área dolorosa. Analgésicos também podem ser utilizados, mas converse com seu médico para saber qual a melhor opção.

Outro ponto essencial após receber o diagnóstico da osteoporose é alertar o paciente para o cuidado com as quedas.

 

Nesta prevenção, muitas vezes a família é fundamental para ajudar em novos hábitos, como:

  • Acender a luz do quarto ao levantar

  • Manter os óculos com grau correto

  • Evitar pisos molhados e escorregadios

  • Sentar na cama antes de se levantar, para evitar a hipotensão postural

  • Instalar barras de segurança em banheiros, para não correr risco de quedas durante o banho

  • Retirar tapetes e móveis desnecessários que possam levar a tropeções e quedas

É importante lembrar que os bons resultados no tratamento são de responsabilidade da equipe multidisciplinar, formada por fisioterapeutas, nutricionistas e médicos, mas também do paciente e de seu familiar. Sempre que tiver alguma dúvida, pergunte! Você é parte essencial de todo este processo.